24 novembro 2003

É bom que não se saiba...

No começo de uma nova semana: o poema de Novembro é o da Cláudia C. no Tempo Dual, sobre os estranhos caminhos do desejo.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial