20 novembro 2003

Valvulina (Fragmentos)

(...)
Cada próspera cidade tem no seu meio
uma cidade de subnutrição, crianças mortas,
desalojados, desemprego. E em cada cidade
das mais pobres há, num aro de metralhadoras,
uma cidade de tecnologia, rara
costura, sobre finança, e medo.
(...)
Às vezes penso que me sinto muito velho,
a caminho de ficar endoudecido.
Um desses homens de fronteira,
fechado na empena do mundo
com todo o esquecimento da vida
a esfaqueá-lo por detrás.
Um desses a quem apenas falta
que despachos governamentais lhe mijem na cama.
Joaquim Manuel Magalhães

Alta Noite em Alta Fraga,Valvulina
RelógioD'Água, 2001

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial