25 janeiro 2004

A leitura eterna

Para quem procurava fantasias úteis ao fulminante coração foi reconfortante encontrar a imagem do Abrupto, a prometer que poderemos ler, depois de mortos.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial