28 janeiro 2004

O Caso Morel

Nada temos a temer
excepto as palavras.

Rubem Fonseca , no Caso Morel uma história de uma moça morta, urubus, policiais distraídos e..., publicada pela Bertrand em 1976 e hoje com o Público.

Ontem, tanto medo tive das palavras, que não escrevi.
Um demónio do Mundo Antigo tinha sido chamado, e quando vem, fica tudo deserto à sua volta. Não fui eu a convocá-lo, ao que julgo. Trago o anel comigo, mas nenhum mago que me proteja. Eu sei o fim da história. E não quero palavras nenhumas para a contar.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial