24 janeiro 2004

Victor Klemperer

Victor Klemperer, nasceu em Landsberg em 1881 e morreu em Dresden em 1960. Filólogo, anotou a vida quotidiana do Terceiro Reich, e a forma de como o nacional-socialismo utilizou códigos linguísticos que eram inicialmente grupais para se tornarem depois de toda a nação ( (Lingua Tertii Imperii, LTI). Afastado de todos os lugares académicos e impedido de trabalhar pelas leis de depuração racial, o facto de ser casado com Eve, uma não-judia, poupou-o da deportação. Resistiu às perseguições redigindo, com grande risco, um monumental diário, Os Diários de Victor Klemperer, Testemunho Clandestino de um Judeu na Alemanha Nazista, traduzido por Irene Aron para o português (do Brasil) e editado pela Companhia das Letras. Em maio de 1942 depois de uma humilhante busca domiciliária feita pela Gestapo ele escreveu: "Continuarei a escrever. É esse o meu heroísmo. Prestarei testemunho, testemunho preciso."

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial