25 fevereiro 2004

"Carta de Solidariedade para com a Madalena"

Exmo Senhor Director do Blog 'A Natureza do Mal':

Tendo seguido atentamente os posts que Vossas Excelências publicaram relativamente à Madalena, quero prestar-lhe a minha solidariedade, pelo que muito agradecia lhe fizessem chegar as linhasque se seguem. Obrigada.


Madalena, querida:
Acredite, conheço a revolta que sente quando lê os posts aqui
publicados. Sei o que custou à menina ter chegado onde chegou.
Imagino os fretes que teve que aturar.
Sei, por exemplo, o que custa ter que lidar toda a manhã com todo o
tipo de pessoas, a maioria mal vestida e mal falante. Uma maçada,
querida. Da cabeça aos pés, nem um relógio ou uns sapatos de marca!
Que coisa horrorosa! Sei também o que custa chegar a casa ao fim do
dia de trabalho, cansadérrima, e ter o azar de chegar na hora em que
a empregada dá banho às crianças. A gritaria, querida. Que horror.
Temos logo que sair outra vez e fazer umas compritas para desanuviar,
não é querida? É por tudo isto que presto à menina a minha
solidariedade.

Beijo, querida
Margarida

Recebido a 21.02.04 no mail de a natureza do mal, enviado por Margarida A. de P. e C.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial