19 fevereiro 2004

para ler Domingo

À procura de fiambre para uma pizza acabei no lugar do consumo. Ao domingo isto está sempre cheio, as melhores roupas por vezes mal combinadas ou que não se ajustam ao corpo desabituado. Um rapaz chia uns desproporcionados pneus ante o espanto, o segurar apressado de mãos pequenas, e só o seu próprio esgar de gozo, não nota que são os seus neurónios que gritam queimados no cimento. Cada um tem boas razões para aqui estar e eu na verdade só cá vim para ter texto e falhei. Quem eu vi foi a Madalena, ela não me viu, fingiu não ver, ocupada com uma etiqueta, lavar à mão, menos de 30 graus, 100% de marca, não branquear. Saberás tu porque ela não me fala. Hoje eles não vendem fiambre a retalho, só fatia por fatia, eu não preciso de 30 pães.

PC

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial