26 fevereiro 2004

Queda feliz de um cabo

Eiffel era um gastador. Construiu a ponte de Viana com cabos de segurança que não serviam absolutamente para nada. O mau tempo encarregou-se de corrigir os seus excessos. Não se percebe que agora, com gestores atentos ao desperdício, substituam essas excrescências.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial