15 setembro 2004

Falta de estilo

Das duas vezes em que tive um interesse, uma inclinação, vá lá um bocadillo de paixão, foi por miúdas que só tinham uma coisa em comum: aos seis anos acordavam às seis da manhã para treinar. Hilda era skate, patins em linha e coordenação motora para ser a melhor no confronto com os rapazes da rua. Mariana fazia exercícios de voz para parecer rouca. Senti com ambas aquela queda para dentro do peito de que uma vez falei e que tu dizes que acontece nas artes performativas. Talvez por isso me acusem de falta de estilo.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial