26 setembro 2004

Livros de Outubro

Outubro é o melhor dos meses para caminhar nas serras. Os livros editados em Outubro podem ser lidos em Dezembro. Estes são alguns dos livros anunciados para Outubro. A alegria da sua publicação é vizinha da euforia das caminhadas quando a tarde avança e foi bom o grupo reunido.

W.G.Sebald, Austerlitz. Três anos depois da sua morte, a primeira tradução de um monstro do século XX...
e bem a propósito, isto anda mesmo tudo ligado, O Mal de Montano, de Villa Matas.

Casa na Duna de Carlos de Oliveira, na Assírio. Finalmente uma edição de acordo com a matriz estética de Carlos de Oliveira, como-eu-o-imagino. Talvez seja estimulante e alguns ágrafos e ágrafas voltem a escrever.

Os Mitos Gregos, de Robert Graves, uma reedição. A propósito de Graves, na Babelia de ontem Barbara Jacobs escreve uma crónica emocionada sobre o filho Williams, de quem em Espanha se edita uma autobiografia: Sob a sombra da oliveira.
Ainda na Assírio: Histórias de um craque, de Fernando Assis Pacheco e dois volumes de Walter Benjamim.

Maria Manuela Cruzeiro, uma notável investigadora do Centro de Documentação 25 de Abril publica na ed. Notícias Melo Antunes: o sonhador pragmático. Na Cotovia, António Pinto Ribeiro reune ensaios sobre a cidade, cultura e democracia sob o título Abrigos.

E na poesia, um espanto, uma felicidade: reedições de Sophia, Herberto Helder, Ruy Belo e dois novos livros de Manuel de Freitas e Pedro Mexia.Carlos Bessa publica na Assírio (uma voz não devia ocultar a outra, mas devia calar do que não sei).

Ynari é um livro de Ondjaki com ilustrações de uma mulher fabulosa chamada Danuta Wojciechowska; Mopsos uma história da Hélia Correia e do Henrique Cayatte.

A actividade editorial portuguesa apesar de tudo é melhor do que os leitores portugueses.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial