30 maio 2005

Arte Poética

Deixar o registo do mundo em nós,
conciso.
Depois não se fala mais nisso.

(segundo a Sandra)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial