25 maio 2005

Cobardes

António Guterres foi nomeado comissário de Qualquer Coisa numa instância internacional. O Manel do Grande Queijo Limiano disse que quem tinha sido cobarde aqui não seria melhor lá fora. O JPH achou que o Manel, por se acobertar no anonimato, era uma autoridade em cobardia. Se a nomeação de Guterres fosse uma notícia eu gostaria mais de saber a opinião do JPH sobre a nomeação do Guterres. Mas pelos vistos o que preocupa JPH é a cobardia dos bloggers anónimos. A menos que o Manel fosse o José Manuel Fernandes, a questão da sua identidade não é para mim fundamental. Ser Manel no Grande Queijo é como ser JPH na Glória Fácil. Dois locais de boas opiniões , bem escritas, que não ganham mais coerência, lucidez ou adequação à realidade pelo facto de uma vir assinada Manel e a outra JPH.
Sobre o tema em questão já disse: é para mim irrelevante. Que tenham aparecido logo uns portugueses orgulhosos de o serem, não me espanta. Quando do Durãoaway foi a mesma coisa. Tanta gente orgulhosa de ser português comove. Se o orgulho pátrio fosse posto a render não estávamos com sete por cento de déficit.

Luís Januário (BI: 2588433, de 03/06/2003 do Arquivo de Identificação de Coimbra).Alterado a 27/05

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial