31 maio 2005

Correio

"Ainda bem que postas todos os dias, Luís! É que cá em casa já somos "naturezodependentes", apesar de silenciosos."
(nos comentáriosdo Mal).

Obrigado Ana. Assinaste a sentença de morte do Mal. Nós que éramos um sussurro, uma coisa de nada, um rasto, uma frase pequena que não chega a ser dita mas enrubesce, um blog nocturno, um mocho, uma coruja, um burrinho na serra, a hortelã pimenta, as açucenas. Nós que éramos a tesão, a alegria das putas. Somos agora uma espécie de matinée para todos, um blog de família, o último episódio do Star Wars. Chegou a fase de instituição.
Ó companheiros do Mal. Que o mais pobre se levante e que o farrapo volte a ser estandarte.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial