06 janeiro 2006

Mestre sempre, deus sabe-se lá.

"Nem deus nem mestre", era a divisa do meu avô Arnaldo. Cresci sempre com a mágoa de não ter recebido a graça, de não ser capaz de acreditar no deus, a que para simplificar, chamarei de o- deus- da- Conceição. E contra o Mestre e a idéia de Mestre. Mas tive Mestres. Orgulho-me deles. E gostava que eles recebessem um mail assim. Um dos Mestres que tive, ainda hoje é mais corajoso do que eu.



(Ribeira dos Milagres, é um nome que pode designar o local onde se está a construir o novo Hospital Pediátrico de Coimbra. Se havia problemas técnicos no local, água a mais, dizem, devem ter sido solucionados. Nos últimos dias, tanta declaração, atulhou definitivamente o terreno.)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial