03 abril 2006

Todos dizem bem do Governo

O António Barreto, com uma escrita juvenil, diz bem do governo. O que ele diz, mais ou menos, é que este governo herdou, do guterrismo, o afecto para com os grupos económicos e financeiros, e do cavaquismo, a antipatia para com grupos profissionais, associações e funcionários públicos. Tem além disso, afirma Barreto, uma pulsão destruidora do Estado Social.
Ouvi ler isto na esplanada, que eu não compro jornais, muito menos o jornal de que JMF se pensa director. O leitor acabou com uma pergunta retórica, não sei se ainda do texto de Barreto, se de lavra própria:
- Eis que merece atenção- disse ele.
- Merece, merece- concordaram todos.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial