05 julho 2006

Livres

Obrigado por nos teres libertado. Desta angústia. Desta secreta esperança. Da insuportável possibilidade. Da ideia insana de vencer.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial