29 agosto 2006

Compreender


Em mim não cabem multidões. Não posso libertar ao mesmo tempo dopamina e serotonina. Não quero compreender o criminoso. Perceber a mente do criminoso. Sentir na pele do criminoso. Atribuir ao criminoso a humanidade que decerto tem. Relativizar, desculpar, perdoar, atenuar a culpa do criminoso. Perder a vítima, a dor, a diminuição, o isolamento e a humilhação da vítima.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial