20 setembro 2006

"for the fat lady" on the back


Robert Mapplethorpe




Passamos a vida a estabelecer ligações, nexos, continuidades. A rua, os transportes públicos, o balcão da estação dos correios, a mesa do restaurante, o anfiteatro. Quando nenhuma razão aconselha a esperança, insistimos no olhar de um aluno, na cara de um passante, na concentração de um leitor no comboio. Em dias claros, se os olhares se cruzam, inventamos cumplicidades com os desconhecidos. Gostos comuns, saberes partilhados.
É mentira. Somos ilhas. Abismos. Poços de medo esquecidos de que é o medo que nos conserva vivos.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial