10 dezembro 2006

As sete maravilhas



Castelo de Almourol, Torre dos Clérigos, Paço de Vila Viçosa…
O Freitas do Amaral post hérnia, a Isabel Pires de Lima, o Pedro Dias, sei lá, estão a propor aos portugueses, aos europeus, que elejam, por mail, sms, e em breve por urna, as sete maravilhas do património.
Convento de Mafra, a fortaleza de Sagres, a Torre de Belém…
Lembro-me daquela importantíssima praça de Viseu, com a Sé, o Museu Grão Vasco antes do deslumbramento, a Igreja da Misericórdia, a livraria maoísta Que fazer e, com um pouco de sorte, a minha casa ao fundo.
Lembro-me da Sé Velha, do Quebra-Costas, da loja do avô, da Torre de Almedina e do Quim Machado.
Lembro-me de tanta coisa digna de ser eleita para os sete mais do património.
Tanto esquecimento. Tanta injustiça.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial