11 fevereiro 2007

Regozijo sem festa publica

O SIM decidiu não fazer nenhum festejo público da vitória e a esta hora o Hotel Altis está vazio. Aplausos. A vitória do Sim representa um grande progresso que não tem sido sublinhado. Os porta vozes, as figuras visíveis do Sim foram pessoas generosas e tolerantes. O objectivo era conseguir a eliminação da chaga social do aborto clandestino. Desapareceu a estridência militante de alguns dos habituais figurantes da cena mediática. Também aqui os ganhos são consideráveis.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial