04 abril 2007

Nem válvula




Tendo tido notícia do aperto de uma das válvulas do meu coração, um amigo investigador pediu-me stem cells para a tentar reconstituir. Procurei laboriosamente e enviei-lhe as que pude encontrar. Ele lá pôs aquilo a germinar. O resultado foi péssimo. Só havia células unipotenciais, de órgãos desinteressantes, ligados aos humores mais baixos. Chamou-me ao laboratório. Era eu, visto pelos meus comentadores sazonais.

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial