21 maio 2007

Olívia patroa, Olívia cidadã

A governadora civil de Lisboa marcou eleições. A data, cozinhada ente PS e PSD, inviabilizava praticamente a apresentação de candidaturas que não resultassem dos aparelhos partidários, e foi posteriormente alterada pelo Tribunal Constitucional. Alguns dias depois, a diligente governadora civil sentou-se, como cidadã, na sessão de apresentação da lista de António Costa.

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial