06 junho 2007

Se nao voltasse


van der keuken

Se eu não voltasse a ver-te
havia
de olhar-te
longamente
nas maminhas
nos olhos protuberantes
das maminhas
e depois olhar -te do pescoço
à boca do nariz
aos olhos
sem pestanejar
e a seguir dos ombros
para baixo ao longo
dos braços
e do tronco até
às mãos
ao ventre
sem pestanejar
para não perder
um segundo sequer
da tua vista
olhar-te com urgência
com medo que te voltasses
e não te voltasse
a ver
de frente
e olhar-te o rabo
a raiz
das coxas
o concavo dos joelhos
os tornozelos o modo
como levantas
os calcanhares

Se eu não voltasse a ver-te
havia
de cegar
dessa imagem
de ti

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial