30 agosto 2007

Voltar



Nan Goldin, « Joana de dos dans l’encadrement de la porte à Châteauneuf-de-Gadagne », Avignon, France, 2000

Voltou a escrita alucinada das mulheres, a sua pele de cetim, a alça desenhada no ombro, a humidade do espírito santo. O sol do Verão lambeu-lhes a pele e percebe-se que todas as mulheres foram amadas, embora algumas não tenham notado os seus vermes de areia.
Em Interlaken a salamandra e o tritão preparam a dureza do Outono, o regresso à escola, a lã e o couro que hão-de esconder o corpo.
É quase o fim de Agosto. Se sobrevivemos a este mês fatal, pensam alguns enquanto alastra a silenciosa desordem das células, seremos imortais.

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial