12 novembro 2007

Porque não te calas tu também?

Li o relato do Público e do El País. Vi vezes sem conta os vídeos do Youtube (o Youtube parece doente de morte soluçante). Pus à votação na família e depois à discussão. Li as reacções da blogosfera. E ao longo do dia a minha alma volátil passou de uma vaga alegria metafísica à irritação jacobina.Ouvi várias vozes: A História é necessária. O excesso de História pode enlouquecer. A ignorância da História prepara as massas para a submissão. O meu estado actual é de alegria metafísica por um Bourbon não ter podido calar um índio sul americano.

(créditos: Marcelo, Filipe Nunes Vicente (Mar Salgado), João Tunes (Água Lisa), outros.)

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial