07 abril 2008

A nova Rapariga Velha


In-A-Gadda-Da-Vida: Angus Fairhurst, Damien Hirst and Sarah Lucus


Em 2006 uma mulher diz-se a pontos de ganir. É a Rapariga Velha, a Velha Rapariga. Escreveu Casas Pardas, Lúcialima, Misa in Albis, Da Rosa Fixa. Ganhou o Prémio Camões. O Livro do Meio, onde assim se descreve, foi pouco lido. Enquanto esta Rapariga perdia o impulso e receava o tumulto outra escrevia. De cada vez que escrevia reacendia-se o tumulto. Na rua mais feia da cidade cruzava o poeta. Uns anos atrás, o primeiro poeta tê-la-ia reconhecido, ajeitando a saia da ganga, num gesto
desastrado de sedução
.


Ana de Amsterdam, blog, 679 links, 209 citações nos últimos seis meses.

Etiquetas: ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial