07 maio 2008

Listas


No Bibliotecário de Babel, o José Mário refere a lista do Telegraph sobre os 50 livros que mais nos marcaram. Li estes, embora não tenham sido os que mais me marcaram:


The Catcher in the Rye de JD Salinger (1951)
Confissões de Jean-Jacques Rousseau (1782)
Se numa noite de Inverno um Viajante by Italo Calvino (1979)
Labirintos de Jorge Luis Borges (1962)
Margarita e o Mestre de Mikhail Bulgakov (1967)
No Logo de Naomi Klein (2000)
On The Road de Jack Kerouac (1957)
O Profeta de Kahlil Gibran (1923)
O Rubáiyát de Omar Khayyám (1859)
O Estrangeiro de Albert Camus (1942)
Não matem a Cotovia de Harper Lee (1960)
O Quarteto de Alexandria de Lawrence Durrell (1957-60)

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial