29 maio 2008

No carso


Caminhavas no ar
e o teu olhar caía
sobre os humildes animais
do carso: a salamandra,
os bichos das tocas,
os vermes da terra húmida
de debaixo das lajes. À noite
o bufo-real descia em silêncio
entre as tuas pernas e eu não sabia
se era o bater das asas ou
o teu ventre que tremia.

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial