22 junho 2008

Mensalidade


Rineke Dijkstra

As mamas aumentam para a copa C
tudo por meios naturais
e elas estranhamente não parecem
retirar daí grande alegria e é como
se as mamas não lhes pertencessem
e fossem corpos estranhos em cima
do grande peitoral
aquela coisa onde os infantes mais tarde
se aplicam

dói-lhes uma dor colectiva uma dor que
as une às mulheres mais velhas uma dor impossível
de entender

estão irascíveis debaixo do make up estão
na crista e no concavo da onda
estão num lugar
que não pretende ter consolo

nem reconhecimento

não esperam compreensão
sem deus nem AINEs
são um bicho acossado mostrando os dentes

as raparigas dismenorreicas

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial