10 agosto 2008

O mundo segundo o embaixador



O embaixador José Cutileiro é um homem culto, bem informado e que escreve com elegância. Este sábado, no Expresso, assina um infeliz texto optimista onde assegura que o mundo nunca esteve tão bem e, contra os ambientalistas, declara a sua confiança nos políticos, negociantes e (alguns) cientistas. À hora em que o embaixador escrevia o seu panfleto panglossiano a Rússia entrava na Geórgia provocando centenas de mortes. A Rússia parece ter mantido, na nova ordem mundial, o direito de intervenção nas regiões do antigo Império sem que isso cause excessiva comoção.

Etiquetas: , ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial