24 agosto 2008

Startracking


Justine Kurland


No dia 31 de Julho Cavaco interrompeu as férias e falou ao país. Parece que um certo país esteve todo o dia suspenso da comunicação de Cavaco. A comunicação, em pleno defeso político, incidiu sobre o estatuto autonómico dos Açores, uma transcendência. Os comentadores, e por arrasto algumas das suas vítimas, discutiram muito a oportunidade da coisa, já que na substância o homem parecia ter razão. Porquê aquele dia? Qualquer observador atento sabia porquê. Chamo observador atento àquele que lê as crónicas ou o blog de Laurinda Alves. Cavaco veio a Lisboa ao Startracking, uma reunião-comício da diáspora-chic e dos seus parvenus, com a presença de Durão Barroso, Laurinda Alves e os amigos. Agora, menos de um mês depois, Cavaco, fracturante, vetou a nova lei do divórcio. Nada que suscite espanto. Já na noite do Startracking os amigos e as amigas tinham tido esse sinal do PR. Sopra nas arenas uma brisa de verdade mesmo quando retiram os touros e os toureiros .

Etiquetas: , , , ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial