16 fevereiro 2009

"Eu não tenho um arquivo de memória e disse o que tinha na memória."



Dias Loureiro afirmou, que não se lembra de ter assinado os documentos
para uma compra de duas empresas tecnológicas em Porto Rico.
O ex-ministro disse ainda estar de consciência tranquilo
e que não vê motivos para deixar de ser conselheiro de Cavaco Silva.



Etiquetas: ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial