27 julho 2009

Transparência [actualização]

Assaltantes de farmácias com pena pesada, Rogério Paulo, Rui André,
Tribunal de Tomar condenou o duo a penas de 6 e 11 anos de cadeia.




Arlindo de Carvalho, José Neto, dois sócios da Pousa Flores.



Assaltante com pena reduzida de 18 para 12 anos, foi condenado
em sete processos, por furtos simples e qualificados, roubos,
detenção de arma proibida, condução sem habilitação, condução perigosa,
atentado à segurança dos transportes rodoviários, falsificação de documentos
e injúrias agravadas



Tavares Moreira, José Lemos, Nuno Contreras, Augusto Martins,
Central Banco de Investimento, coima única de 180 mil euros,
inibição de sete anos de actividade, anulação do acórdão proferido
em primeira instância, o prazo está a terminar e a
prescrição é o cenário mais provável

Etiquetas: ,