04 novembro 2010


Adriana Varejão




Todas as manhãs os comentadores me fazem a cabeça, enquanto tiro o café. Os comentadores são economistas. Dominam as técnicas de comunicação, Maria. Está a ver, José? Se a Teresa fizer um empréstimo tem que pagar a dívida e os juros. Já disse aqui há um mês, António, que os mercados não acreditam em palavras. Os bancos estão a ter um milhão de lucros diários, mas ó Gabriel, não é essa a função deles? A PT quer distribuir dividendos sem pagar taxas? Querida Mariazinha, a PT tinha avisado antes do Orçamento.
Sempre a mesma cantilena. A conformidade do cidadão ao Mercado, aos Accionistas, a menorização do Estado identificado com o executivo de Sócrates, pau-para-todo-o-comentadorismo. Eles sabem, já avisaram, explicam. Desde o patrãozinho da Sic- deixei de o ver durante umas semanas e encontro-o apoiante discreto do PPC, quase converso da alternativa- até ao romancista de Equador, são todos preclaros apóstolos da cartilha económica do Mercado, dizendo por extenso o que a Dra. Manuela diz em síntese. Manda quem manda e eles obedecem, estás a ver Maria, é como te disse José.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial