16 maio 2011

Um troféu na crise


A imagem exibida pela polícia americana do presidente do FMI merecia uma atenção demorada.Quatro linhas de reflexão, como diria o outro. Primeiro: O homem está algemado e rodeado por um número considerável de polícias(o campo foi reduzido). A acusação é de "acto sexual criminoso", segundo o Libération. Porque está algemado? Espera-se que salte para cima dos polícias e tente violá-los? Que tente furtar-se à justiça? Não, DSK é mostrado a todos os povos do mundo como símbolo da justiça americana, universal, não poupando os poderosos. Se o cadáver de Bin Laden podia chocar os bons cidadãos, tomai então este outro vilão. Segundo: A imprensa responsável da Europa já publica tudo: o passado intimo, a transcrição de tablóides, a citação de bloguers e o comentário anónimo de "pessoas bem informadas". Terceiro: Este homem, que umas horas antes era tudo, está agora desprovido de toda a dignidade. (aos justicialistas que acharem a frase excessiva aconselho que se façam algemar). Foi-lhe retirada a gravata e os atacadores. Ele, que convenceu tanta gente com a palavra, não pode recusar as câmaras assestadas sobre a face.Olhem a face de DSK: é a face de Saddam, o diabo iraquiano, no cadafalso de Bagdad.O lisboeta informado, humilhado pela troika há oito dias, pode agora exultar. Quatro: O presumível crime de DSK é pouco referido. Mas como é evidente, o homem não foi preso por administrar o FMI. O puritanismo hipócrita exulta e, desta feita, a imprensa europeia está toda sentada no chá americano.

15 Comentários:

Blogger anauel disse...

Realmente, definitivamente, a crise é outra!

segunda-feira, maio 16, 2011  
Blogger Miguel Serras Pereira disse...

Caro Luís,

já linkei.

Abraço

msp

segunda-feira, maio 16, 2011  
Blogger Armanda disse...

ainda bem que os mais novos andam distraídos com outras coisas, porque como é que se explicam estes acontecimentos?! as crianças são inteligentes. este 'nosso' mundo é complicado e desprovido de sentido.
armanda

segunda-feira, maio 16, 2011  
Blogger Luís disse...

Miguel, obrigado.
anauel, Armanda: são questões para distrair os adultos.

segunda-feira, maio 16, 2011  
Blogger Ana Cristina Leonardo disse...

Luís, ainda há pouco, a propósito de outros assuntos, lia sobre o puritano Savonarola que quis limpar Florença dos excessos dos medici; quando vi esta foto lembrei-me dele e de que a história é uma repetição enfadonha do mesmo. Abraço

segunda-feira, maio 16, 2011  
Blogger pling a lot disse...

Primeiro: é mais fácil algemar um franciú que um banqueiro americano
Maddof incluído

2ºO homem está algemado e rodeado por um número considerável de polícias(o campo foi reduzido)
dá melhor impressão do poder do estado sobre os prevarica dores

. A acusação é de "acto sexual criminoso", sequestro e outros Porque está algemado?

sequestro é tal como rapto um crime federal
(ou era)
logo é grave o rapto desde Lindenberg acho ki não admitia fiança

o sequestro sei não...

de resto que é que interessa um jogo político que....
desde hoje já nos afectou um poucochinho talvez na negociação da europa com o fmi e vice bersa
é um episódio num mar de episódios

os mil milhões de prejuízo em construção civil em Lorca
afectam mais a economia ibérica que este caso

segunda-feira, maio 16, 2011  
Blogger pling a lot disse...

é necessário queimar alguns herejes na fogueira ou por alguns Carlos na Cruz

para dar a ideia de que a impunidade persiste mas não existe

segunda-feira, maio 16, 2011  
Blogger heartixt disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

terça-feira, maio 17, 2011  
Blogger john disse...

é sempre interessante notar, como em ignorancia de todos os factos e desconhecimento profundo da lei, portuguesa ou outras, alguns passam julgamentos sumarios. Claro que um juiz que nada mais fez na vida, e com conhecimento "detalhado" da lei, e em posse de "todos" os factos, é cumplice de um violador sexual!

terça-feira, maio 17, 2011  
Blogger Luís disse...

É sempre difícil falar com pseudónimos, johns ou Heartistas. Pode-se estar a falar com o juiz do lado, sem saber. Mas eu não acho que o sistema jurídico norte-americano seja perfeito. Não é nos USA que ainda existe pena de morte? Devemos achar que a pena de morte é boa, por esse facto. São todos algemados, diz o comentador. E depois? Se a lei dissesse que eram todos agrilhoados? Qual é a lógica de manter o DSK preso? Há perigo de fuga? Acham que se vai furtar à justiça?
O processo é obscuro. Excepto para os que executam sumariamente.Igualmente lamentável é o espectáculo dos que "sempre souberam" o predador que ele era, as que foram violadas há 10 anos e agoram vêm dar entrevistas, as comentadoras como a Helena Matos, tão original que junta Porsche com abuso e com socialismo. Porsche, predador e socialista- o homem está bem entregue. É pena não haver Inquisição; ainda bem que há justiça americana.

terça-feira, maio 17, 2011  
Blogger José Couto Nogueira disse...

1) Nos Estados Unidos todos os detidos são algemados, mesmo que seja por um delito menor. Portanto não foi um humilhação específica para este. E, sim, o Madoff foi algemado.
2) Um banqueiro americano seria preso da mesma maneira por um crime semelhante. Dizer o contrário é aquele anti-americanismo primário que se dispensa. Agora, se um banqueiro, americano ou francês, é detido por crimes económicos, isso é que já se pode duvidar.
3) O crime não é obscuro. A única obscuridade possível é ele ter sido armadilhado; mas um tipo com o estatuto de director do FMI deixa-se caír numa destas? Então merece ser preso por nabice total!

terça-feira, maio 17, 2011  
Blogger Luis Eme disse...

todos sabemos que o mundo mudou, para pior. tudo é espectáculo.

e se de facto há um gostinho especial em ver um "poderoso" ser preso e humilhado, deve-se ao facto de escaparem quase sempre, impunemente.

também não deixa de grave a impressão que se ele fosse denunciado na Europa, provavelmente não seria preso.

terça-feira, maio 17, 2011  
Blogger Luís disse...

Obrigado pelos comentários, mais uma vez.
Insisto : o facto de "todos serem algemados" não é uma razão para aceitar a prática. E não se trata apenas de ser algemado. Trata-se da exposição pública do arguido algemado.
O processo é obscuro, pelos dados que possuo. Foi dito que "abandonara precipitadamente o hotel, que se esquecera do TM, a hora do presumível crime foi alterada". É estranho que, num espaço de tempo tão curto, a polícia tenha formado a convicção do crime e actuado como o fez.
A manutenção da prisão preventiva sem caução também é susceptível de crítica. Mas o conteúdo do post era sobre a suprema hipocrisia (podem chamar-lhe antiamericanismo): o espectáculo do igualitarismo perante a lei na sociedade da desigualdade.Ponham o monstro na primeira página, parece ouvir-se. Mas a voz é de um monstro maior.

quarta-feira, maio 18, 2011  
Blogger luis reis disse...

Desculpem lá, mas estive "fora" estes dias, no que toca,ás "ultimas fresquinhas"...
Ora agora,a sério?Atão a dita, foi ou ia sendo violada, por um socialista dentro dum porche?Ena pá...
Mas onde?Place des Vosges?
Que confusão...dass.

quarta-feira, maio 18, 2011  
Blogger Manuel Anastácio disse...

"Insisto : o facto de "todos serem algemados" não é uma razão para aceitar a prática."

Insistimos: não é razão para aceitar a prática, mas é razão para refutar quase tudo o que é dito no artigo, nomeadamente que DSK foi algemado com a intenção específica de o humilhar e todo o corolário de conclusões "humanitárias" daí decorrentes.

quinta-feira, maio 19, 2011  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial