21 junho 2011

OUTRO PAÍS O MESMO


Quem tenha aberto ontem a televisão percebe que já vive em outro país.
O Mário Crespo está agora reverencial. Entrevista Relvas, justificadamente eufórico. E no final ambos constatam que 4 dos ex-comentadores de Crespo são agora ministros do governo da direita. Mais tarde vi, sempre na SIC-Notícias, um debate politico económico onde se registava um esmagador consenso em torno das escolhas governamentais e das difíceis tarefas que os espera, do que se espera do PS e do povo em geral. Na 2, a pivot Felgueiras entrevistou J. César das Neves e um economista do FCP, com quem aliás, simpatizo.
O mesmo discurso. Finalmente o discurso único.
Ana Paula Inácio, num poema recente, escreve:

...E não me deixes cair no pecado
da ideologia
para que não leve com o proletariado nas trombas.


Não parece haver perigo disso. Como António Guerreiro escreveu no Expresso, a ideologia única produtivista, do crescimento sem sustentação,conformada com o capitalismo financeiro, triunfa em quase todas as praças (ah, mas não esqueçam as ruas de Espanha e as ruas da Grécia). E o que vamos ter é isto. Os comentadores no poder com alguns independentes úteis, jovens-jovens (“temos que lhes dar muito apoio politico”), “sem compromissos com lobbies”, imbuídos de “espírito de missão”, que falam a linguagem de Bruxelas, amigos da troika. Os comentadores que não entraram para o governo espreitam a oportunidade (o governo é uma work in progress, que se vai estender aos assessores e aos representantes loco-regionais).
A poderosa máquina propagandística de Sócrates, que foi o tema principal da campanha de Manuela Ferreira Leite e a obsessão privada de Pacheco Pereira, esboroou-se numa semana.

3 Comentários:

Blogger Carlos Azevedo disse...

«A poderosa máquina propagandística de Sócrates, que foi o tema principal da campanha de Manuela Ferreira Leite e a obsessão privada de Pacheco Pereira, esboroou-se numa semana.»

O problema é que chama máquina propagandística a algo que não o é; trata-se tão-só de putedo; e, como na canção, «the winner takes it all».

terça-feira, junho 21, 2011  
Blogger at disse...

Um poema recente da Ana Paula Inácio? Onde? Onde?

terça-feira, junho 21, 2011  
Blogger luis reis disse...

A merda do sorriso de Mário Crespo causa nojo.
Ontem, numa entrevista com Carvalho da Silva,meteu dó.
Armou-se ao sabichão, com a cartilha dos Medinas, Duques ou Mira Amaral,e falou sobre a Lisnave e grupo Mello e, levou uma
verdadeira sova, sobre o que foi o desaparecimento da Lisnave.Lindo jornaleiro.Tanta ignorãcia.É das companhias...

terça-feira, junho 28, 2011  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial