31 julho 2011




Há muito que me conformei com os limites do meu cérebro humano: Perceber o big bang mas não perceber o antes, não perceber o que há para lá do Universo finito.

Etiquetas:

2 Comentários:

Blogger Ana Maria B disse...

Eu também. Agora preocupo-me com a minha finitude. Organizar-me para fazer tudo o que sonhei, antes que se me acabe o tempo.Prioridade às pessoas. Estar com aqueles de quem gosto,o máximo de tempo possível.

sexta-feira, agosto 05, 2011  
Blogger L. disse...

Deve ser a melhor atitude, a mais sábia, mas não deixa de existir uma certa frustração que nos leva a fazer perguntas continuamente. É da natureza humana, suponho.

quarta-feira, agosto 10, 2011  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial