05 setembro 2011

Dois



António Guerreiro, que é muitas vezes o autor dos comentários mais lúcidos sobre a contemporaneidade, escreve no Expresso sobre a situação actual da blogosfera política.
A acreditar em Guerreiro os principais blogs teriam sido canibalizados por uma lógica em tudo semelhante à dos partidos políticos, autista e mafiosa. Não confirmo, porque deixei de praticar com assiduidade. Mas entre o estilo arcaico-delirante do blog liderado pelo Renato, a súbita clarividência das viúvas de Sócrates e a demagogia da Helena Matos deve haver um espaço de inteligência. Não sou tão pessimista como Guerreiro.

Etiquetas:

1 Comentários:

Blogger Maria José Vitorino disse...

O Guerreiro é limitado, como todos os humanos, e a blogosfera maior que a capacidade de qualquer um de nós para a percorrer. Mesmo a correr, o que nunca é aconselhável. Saravá!

quarta-feira, setembro 07, 2011  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial