16 maio 2007

O que eu aprendo de manhã: os órgãos próprios do Partido



As questões da Câmara de Lisboa não se resolvem por carta. Resolvem-se nos órgãos próprios do partido.


(Sócrates, a propósito da carta de Helena Roseta. Na mesma peça da sic notícias Almeida Santos declarou, à entrada do Rato, que vinha dar um abraço a António Costa pelo grande amor que este demonstrara aos órgãos próprios do Partido.)

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial