02 maio 2007

Paulo Alves Guerra

De manhã aguaceiros, frio, as obras paradas. Ouço a voz e a música de Paulo Alves Guerra. O sem sentido da manhã chega-me. Sou feliz à minha maneira. Quando for tudo igual, quando a lógica liberal da teta e do entretenimento acabar com estes espaços restar-nos-á sempre, a nós, quatro por cento, o império dos sentidos.


IMPÉRIO DOS SENTIDOS
Música - Tons Conhecidos








De 2ªa 6ª às 07h00
Paulo Alves Guerra
Produção: Manuela Gomes / Manuela Lima

Etiquetas: ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial