20 agosto 2007

Comem o cérebro



(corte de Ascídia adulto. Repare-se na organização do organismo em torno de uma traqueia central, onde circula a àgua, e na existência de um testículo e de um ovário. Junto à boca, uma pequena vesícula pomposamente designada por gânglio nervoso.)

A ascídia, um pequeno protocordado dos corais, nada energicamente nos primeiros tempos da vida, à procura de comida. Quando encontra um habitat no coral, liga-se a e ele definitivamente. Então, não necessitando mais do cérebro para perceber o seu mundo, come-o.

(história contada por Steven Quartz e Terrence Sejnowsky em Liars, Lovers and Heroes, Harper Collins, p 100-101)

Etiquetas: , , , ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial