23 dezembro 2007

Herberto Hélder: Documentário na dois.


John Coplan

Sobre o maior poeta português mais ou menos vivo. O documentário organizou-se em torno do mistério do seu desaparecimento público desde 1969 e nisso se esgotou. Mais informação biográfica que literária. Alguns pormenores deliciosos, sobretudo de Luiz Pacheco (que sem dentes mas com legendas resulta muito mais inteligível). Os textos escolhidos foram lidos naquele declamatório romântico em que se perdem as palavras mas resiste alguma emoção. A música era fúnebre e os que chegaram perto do fim pensaram que Herberto Hélder, e Toda a Poesia, finalmente tinham morrido.

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial