10 junho 2008

Pequenos e médios patrões



Temos aí a greve dos pequenos e médios patrões dos transportes. Os pequenos e médios patrões eram, convém lembrar, os aliados naturais da classe operária, esse sujeito redentor da história. Os pequenos e médios patrões dos transportes são, a crer nas imagens da televisão, uns pequenos e médios brutamontes. Barraram as estradas aos motoristas assalariados pelos colegas insolidários e pelos grandes patrões da distribuição. Protestam pelo aumento dos combustíveis. Podiam protestar contra a Galp, a BP, a Exxon. Dado que as companhias petrolíferas não têm face, o interlocutor é o nosso legítimo governo democrático. O nosso governo hoje anda para aí a comemorar o dia da raça e amanhã, depois da esperada vitória da selecção de todos nós, vai sentar-se à mesa da negociação. Com os nossos impostos, com a nossa ruína, vai aplacar a fúria dos pequenos e médios patrões dos transportes.

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial