12 julho 2009

Libertar-se da Honra


Annelise Kretschmer


E foi nesse instante que se sentiu de novo invadido, da cabeça aos pés, por aquela tumultuosa sensação de doçura que o assaltara quando, à laia de experiência, tentara libertar-se do peso da honra e se entregara aos méritos insondáveis da vergonha.
(p. 110)

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial