10 fevereiro 2010

Queremos Instrução Sexual nas Escolas.



André Bonirre aka CJ


Na semana passada os putos do Secundário manifestaram-se. Acho isso saudável. Manifestar faz parte da educação social de qualquer ser em crescimento. Independentemente da causa. Há sempre um bom motivo para uma manifestação- embora raramente os bons motivos sejam chamados à rua. Mas as grandes manifestações juvenis sem motivo, as queimas das fitas, as latadas e outras praxes, são tão enjoativas: recreação de sarjeta, como diria o que não nomearei. Ao pé dessas festas de cerveja e quins barreiros, coma alcoólico debaixo do olhar enlevado das família, a manifestação política reivindicativa é um sonho que redime o pesadelo. Os rapazes gritam e as raparigas sorriem ou vice versa, consoante a estação. E mesmo que seja sem causa, a sua rebeldia tem mais sentido que as nossas críticas bafientas. Na semana passada pediam Educação Sexual. Aí está uma coisa de que os putos do liceu deviam desistir. Quanto tempo demora a perceber que os adultos, os professores, os educadores em geral- se exceptuarmos o Superpsicosá, claro- não estão preparados? E se experimentássemos ao contrário: Eu alinho nessa. Ir para uma rua qualquer, um beco, uma avenida, e pedir aos trabalhadores do Secundário, por cartazes, palavras de ordem, declarações à imprensa, alguma Educação sexual. Nem que seja só informação. Ou instrução. Por algum lado se há-de começar.

Etiquetas: , ,

2 Comentários:

Blogger C. disse...

Não houve engano nenhum ao escrever "e pedir aos trabalhadores do Secundário"???

segunda-feira, fevereiro 15, 2010  
Blogger mariasa disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

segunda-feira, fevereiro 15, 2010  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial