18 outubro 2009

i

Eu até ontem lia um jornal chato. Agora leio o i. Gosto desta mundivisão. Um menino ficou debaixo do comboio, foi arrastado 30 metros, e saíu ileso. Lemos o título, vemos os fotogramas e depois voltamos, para ler as letrinhas pequeninas. Mais à frente, outro título informa-nos de que o filho de um jogador de futebol caíu do 7º andar. Estranhamente, lemos isto sem angústia e voltamos a folha, na mesma paz. Confirma-se a benignidade destes desastres: a criança, amparada pelo i, só partiu uma costela, coisa de nada.
Na página três uma sexóloga informa que a vagina das mulheres fica húmida "quando o tempo aquece".
Mais à frente, Cardinali é amigo dos animais, ninguém duvida. No i, o leão branco está feliz pelo cativeiro e por ser exibido às crianças de Évora.
O mundo do i é levezinho, curto, como uma brincadeira de crianças em que morremos e nos levantamos em seguida, ninguém se magoa e a Laurinda Alves faz pendant.

Etiquetas: ,

6 Comentários:

Anonymous António simplesmente disse...

Mas então agora já lê jornais? Um chato, outro levezinho. Que bom.

domingo, outubro 18, 2009  
Blogger Isabel disse...

e tem os agráfos, o i.

segunda-feira, outubro 19, 2009  
Blogger Filipa Júlio disse...

não confundir com os ágrafos.

segunda-feira, outubro 19, 2009  
Blogger MC disse...

:)


gostei da apreciação.

beijos, Luís

segunda-feira, outubro 19, 2009  
Anonymous candida disse...

o k é ágrafos?

quarta-feira, outubro 21, 2009  
Anonymous Xato disse...

agrafos com excesso de acentuação.

domingo, outubro 25, 2009  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial