17 janeiro 2010

Haiti. Catástrofe

Várias catástrofes se abateram sobre a República dos escravos pretos: o terramoto, a ajuda internacional e os jornalistas. Um neurocirurgião americano corre à frente de uma câmara, à procura de uma vítima. Sempre em grande plano realiza um simulacro de exame médico, debita um diagnóstico e pede à enfermeira:- Antibióticos e uma gaze. Uma equipa de socorro brasileira, ao serviço da Globo, detecta uma mulher soterrada. Os jornalistas quase bloqueiam o acesso à vítima. Uma delas estende para o buraco, no solo, um microfone. Um médico, neurocirurgião, e uma jornalista. Aqui está a aliança soturna com que se entretém o mundo, a ajuda fraterna, a lágrima no sofá. A República dos escravos pretos, que cortou todas as árvores, onde julgaram ter nascido a doença ominosa do século XX, teve agora o golpe de misericórdia, pela mão das forças do subsolo ou de um deus que já ninguém reclama. Não há, nas redacções das televisões nem nas Associações médicas, quem recorde que não exibir o sofrimento alheio é o princípio de toda a compaixão.

Etiquetas:

7 Comentários:

Blogger MC disse...

é. quase (foi assim que comecei mas já percebi o alcance do acto) por curiosidade ando a fazer um curso de socorrismo, no dia do terramoto comentou-se na aula a tal ajuda. A enfermeira formadora, em tom de desafio, disse um bom sítio para vocês praticarem. A afirmação dela tem a ver com o sentido do teu post, luís. O espetáculo e a impotência.

domingo, janeiro 17, 2010  
Anonymous fernando f disse...

"Salvamentos em directo", e a ética que se dane.Valha-nos o Mal, para nos lembrar que a natureza dos homens tem destas merdas, com a licença do Luís.

domingo, janeiro 17, 2010  
Blogger siceramente disse...

wow :) bem bom :D o outro lado do haiti

domingo, janeiro 17, 2010  
Blogger L. disse...

Compaixão, a palavra certa, talvez já pouco dita e escrita, por isso esquecida.
Podemos optar por não ver o teatro que engendraram...sem deixar por isso de sentir menos a tragédia.
Disse o que penso, também.

domingo, janeiro 17, 2010  
Anonymous jpt disse...

pois

domingo, janeiro 17, 2010  
Anonymous Anónimo disse...

compaixão, diletante, intelectual, sismo, intervenção, jornalismo, oportunismo....

domingo, janeiro 17, 2010  
Blogger Esparsa disse...

Pequenas tragédias de sofá soterradas pela magnitude da tragédia alheia e redentora.
- Maria, já viste que desgraça?
- Coitadinhos!
- Coitadinhos...

segunda-feira, janeiro 18, 2010  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial